Mariana Mesquita na 1ª Pessoa

Ninjas dos Direitos Humanos

Começámos esta aventura sem saber exactamente o que esperar. Nenhuma de nós tinha sido professora ou tinha feito algo semelhante, erámos duas voluntárias portuguesas com vontade de ensinar Direitos Humanos em Palermo. As aulas decorreram na Escola Cuore Immacolato di Maria, instituição com uma longa história de cooperação com o CEIPES, a organização não-governamental palermitana que nos recebeu. À nossa espera estavam catorze pequenos ninjas da quarta classe, com nove anos de idade.

A estrutura das aulas teve por base o DUDU – Dichiarazione Universale dei Diritti Umani – uma versão simplificada da Declaração Universal de Direitos Humanos para crianças, criada pela Amnistia Internacional. A organização das aulas foi feita por tópicos em que, para cada tema, abordámos os respetivos artigos da Declaração. Sempre baseadas em métodos de educação não-formal, as aulas foram preparadas enteiramente por nós, com uma simples receita de paixão e criatividade.

A  adaptação a estas duas novas raparigas estrangeiras foi imediata e rapidamente a turma se envolveu nos temas da aula. A sua curiosidade, interesse e sensibilidade aos assuntos discutidos determinaram o ritmo das aulas. Não podíamos ter pedido mais a estes pequenos ninjas. Estiveram interessados em cada atividade e os comentários e questões que colocavam eram sempre surpreendentemente maduras.

O direito a ser livre e igual, o direito a ser considerado inocente até prova em contrário, o direito a escolher uma religião ou o direito ao voto foram alguns dos temas abordados. As aulas partiram da premissa de que a Eduação para a Paz pode criar gerações que acreditem nos Direitos Humanos e na justiça social enquanto pilares da nossa sociedade.  A Robbie, o Alessio, a Viviana, o Emanuelle, o Francesco, a Lesley, o Enrico, a Anastasia, a Marta, o Angelo, a Shirley, a Lulu, o Andrea e a Alice estão a preparar-se para mudar o mundo, e nada mais que “uma criança, um professor, um livro e uma caneta”* foram precisos.

*Malala Yousafzai, prémio Nobel da Paz em 2014.

Mariana Mesquita

SERVIR - Voluntariado!

 

Fale connosco!

Email: servir@aeva.eu

 

 

 

Morada

Escola Profissional de Aveiro

Rua Dr. Francisco Ferreira Neves
Apartado 567 – Barrocas
3800-351 Aveiro